Mulher de 30 anos é morta a facadas e marido que está foragido é suspeito do crime em Botucatu


Crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (26). Segundo a PM, Élton Rodrigo Soares de Souza, fugiu em uma motocicleta e pediu a família que fosse socorrer a vítima após esfaqueá-la. Mulher de 30 anos foi morta pelo companheiro com cerca de 8 facadas em Botucatu (SP)
Reprodução/ Redes Sociais
Uma mulher foi morta a facadas na madrugada desta segunda-feira (26) na Rua Amado de Barros, na Vila Guimarães, em Botucatu (SP). O marido é suspeito do crime e está foragido.
De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi acionada pelos familiares do suspeito e quando chegaram ao local, a vítima, Hélen Jéssica de Oliveira Oyan, de 30 anos, já estava morta no chão do banheiro.
A polícia informou ainda que o irmão, a cunhada e a tia de Élton Rodrigo Soares de Souza, de 36 anos, disseram aos policiais que ele agrediu a mulher com uma faca e depois fugiu em uma motocicleta.
Segundo os policiais, os parentes disseram também que foram até a casa do casal, porque o suspeito entrou em contato pedindo para que prestassem socorro à vítima na residência onde moravam.
A perícia foi acionada e constatou que Hélen foi morta aparentemente com 8 a 9 facadas no braço esquerdo, perna esquerda, barriga e na altura do tórax.
A faca utilizada no crime foi encontrada no tanque de lavar roupas com a ponta suja de sangue. O pedido de prisão preventiva do suspeito já foi encaminhado para a Justiça e ele ainda não foi localizado.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.