Qual é o futuro do hide-hailing? (Transporte de passageiros por app)

O mundo muda a todo instante, as mudanças internas na sociedade acompanha o rápido avanço tecnológico, dessa maneira, novas ferramentas e tecnologias nascem e, com isso, novas profissões também. O empresário Márcio Alario Esteves diz: “que há 20 anos atrás imaginaria que Uber existiria? Ifood? Ninguém consegue imaginar tamanho avanço e mudança.

De fato, as mudanças são nítidas e bruscas, por isso, é importante estar em consonância com as mudanças, para não tornar-se obsoleto e desinformado. Desse modo, Marcio Alario Esteves está sempre atento às novas tendências tecnológicas e fala sobre o futuro dos carros no Brasil.

O transporte de passageiros por aplicativo é um conceito recente, mas que já faz parte de inúmeras regiões ao redor do mundo. O empresário Márcio Alario Esteves, sempre antenado na tecnologia, aponta que essa dinâmica de transporte e mobilidade vem crescendo cada vez mais e reflete em diversas áreas da sociedade.

Há estudos que apontam que houve uma diminuição no número de jovens que desejam ter carros próprios ou uma carteira de habilitação, desse modo, está evidente a influência que serviços do tipo impactam a sociedade. O empresário Márcio Alario Esteves enfatiza que por conta da facilidade propiciada pelos apps e por uma sistematização generalizada, os jovens consideram mais fácil utilizar apenas serviços de mobilidade por app.

As pessoas consideram não comprar carros, pois além do valor pago, há custos de manutenção, impostos e embargos. Dessa maneira, segundo a opinião de Márcio Alario Esteves, a ideia de utilizar somente apps parece ser bem quista por boa parte dos jovens.

Nesse sentido, o chamado hide-hailing (viagens por aplicativo) demonstra ser uma forma cada vez mais consolidada. Além disso, a dinâmica de car sharing também caminha para a consolidação em diversas partes do mundo. Marcio Alario Esteves explica que é um conceito que se torna popular, configurando no aluguel de carros e não na compra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui