Primeira competição de SUVs elétricos

Fernando Siqueira Carvalho
Fernando Siqueira Carvalho

Fernando Siqueira Carvalho, grande amante de carros, diz que estamos vivendo um período de ascensão de fenômenos automotivos no mundo. Os SUVs estão tomando as ruas de todos os continentes.

Quando falamos do futuro da indústria automotiva, os carros elétricos surgem naturalmente neste caminho já pavimentado. Além do fenômeno dos utilitários esportivos, outra moda tem ganhado força nos últimos anos: os SUVs elétricos já estão presentes no cenário das corridas.

No feriado de Páscoa de 2021, 18 pilotos, em SUVs elétricos, participaram da primeira corrida nos desertos da Al Ula, Arábia Saudita, o maior deserto de areia contínuo do mundo. Tudo 100% elétrico. Portanto, a Extreme E, nova competição off-road, está realizando a competição de SUVs elétricos em locais de corrida perto de habitats em perigo. Fernando Siqueira Carvalho diz que o objetivo é tornar a questão das mudanças climáticas uma preocupação para os fãs dos esportes motorizados, bem como para os políticos, comunidades locais e autoridades, e encorajá-los a redobrar seus esforços para conter o aquecimento global.

As cinco provas que completam a corrida receberam o nome de “batismo ambiental”, para enfatizar essa conexão com as questões ecológicas. Então teve o deserto (na Arábia Saudita), oceano (no Lago Rosa), Ártico (na Groenlândia), Amazônia (na Amazônia) e geleiras (na Patagônia). Todos os cenários constituiram verdadeiros desafios para os pilotos, de duplas mistas, e as equipes que integram essa nova competição.

As corridas começaram em Abril e vão até Dezembro, para conseguir abarcar todos os locais da prova. Fernando Siqueira Carvalho conta que, para esta primeira temporada, as nove equipes que se inscreveram são:

  • ABT Cupra XE (Alemanha)
  • Andretti United Extreme E (EUA)
  • Chip Ganassi Racing (EUA)
  • Hispano Suiza XITE Energy Team (Espanha)
  • Acciona| Sainz XE Team (Espanha)
  • Rosberg Extreme Racing (Alemanha)
  • JBXE Racing (Reino Unido)
  • Veloce Racing (Reino Unido)
  • X44 (Reino Unido)

Para garantir que não falte energia nos carros, as baterias são alimentadas no dia anterior, usando energia solar, que emite o hidrogênio da água e utiliza em células de combustível que vão gerar a eletricidade necessária para carregar os carros da Extreme E

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui