O que são os vinhos verdes?

Existem diversos tipos, marcas e rótulos de vinhos, isso não é novidade, afirma Marco Antonio Carbonari, especialista em vinhos e proprietário de uma importante vinícola em São Paulo, a Villa de Santa Maria, situada no interior do estado. Contudo, você já ouviu falar em vinhos verdes?

De certo, os vinhos verdes não são tão disseminados no mercado como os vinhos tintos e rosés, porém, suas especificidades e singularidades que compõem um sabor único têm chamado a atenção dos apreciadores de vinhos, por isso, neste artigo o empresário Marco Antonio Carbonari fala sobre essa classe de vinhos e divulga a excelência e sabor desta bebida.

Mas afinal, o que são os vinhos verdes? Os vinhos verdes referem-se aos vinhos produzidos na região de Entre-Douro-e-Minho, em Portugal. A Denominação de Origem Controlada (DOC), que confere autenticidade à produção, é feita pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), ressalta Marco Antonio Carbonari.

Apesar do nome, o vinho verde não é verde. Eles podem ser brancos, tintos, espumantes e rosés. Apesar da não popularidade da bebida no Brasil, em Portugal ele é o segundo mais vendido, atrás somente do clássico vinho do Porto.

Produzido no noroeste de Portugal, os vinhos verdes possuem um toque especial, são leves e frutados. Um vinho gostoso, muito saboroso e com aroma indescritível. Pelos fatores climáticos e únicos da região, as castas de uvas são diferenciadas, narra Marco Antonio Carbonari, proporcionando, assim, um sabor maravilhoso. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui