TCE investiga suspeitas de ‘fura-filas’ em vacinação de 15 cidades do centro-oeste paulista


No estado, são mais de 100 municípios que têm prazo até a próxima sexta-feira (5) para explicar critérios e métodos de controle da vacinação contra a Covid-19. Profissionais da saúde da linha de frente e idosos estão no topo da lista de prioridade para receber antes a vacina contra a Covid-19
Rafael Ferraz / TV TEM
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) de São Paulo deu prazo de cinco dias úteis para que 106 prefeituras prestem informações sobre as campanhas de imunização municipais contra o novo coronavírus. Quinze dessas cidades são do centro-oeste paulista. (Veja lista abaixo)
O anúncio foi feito no fim da semana passada e o prazo começou a contar a partir de sábado (30). Ou seja, as prefeituras têm até a próxima sexta-feira para esclarecer novos pontos destacados pelo tribunal.
Entre os questionamentos do TCE está um que se refere aos métodos implantados para controlar as pessoas que já foram vacinadas, incluindo o cronograma para aplicação da segunda dose dentro do prazo fixado pelas fabricantes e procedimento aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
O TCE também cobra quais medidas que serão adotadas em caso de descumprimento das regras de prioridades, informações sobre se a prefeitura está divulgando a relação dos cidadãos vacinados em seu site oficial, contendo nome, ocupação e local de imunização, e explicações de como foi feito o cadastramento dos grupos prioritários.
Denúncias ao MP
Levantamento realizado pela Ouvidoria do Ministério Público de São Paulo mostrou que, até a última terça-feira (26), mais de 100 reclamações sobre casos de “fura-fila” na aplicação de vacinação contra a Covid-19 no Estado.
Segundo o MP, os relatos vêm sendo analisados e encaminhados às respectivas Promotorias de Justiça visando a responsabilização dos infratores.
Já foram comunicadas sobre casos de “fura-fila” da vacina várias Promotorias de Justiça de todo o estado, sendo cinco delas no centro-oeste paulista: Bauru, Botucatu, Duartina, Lins e Ourinhos.
Cidades da região que devem explicações
Álvaro de Carvalho
Bariri
Bocaina
Borborema
Botucatu
Campos Novos Paulista
Duartina
Fernão
Guarantã
Herculândia
Ipaussu
Jaú
Queiroz
Reginópolis
Sabino
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista: