Motorista é preso por uso de documentos falsos em Itatinga


Segundo a polícia, o suspeito de 33 anos foi abordado na Rodovia Castelo Branco e estava com CNH falsificada e vencida desde 2015. Homem é preso com documentos falsos em rodovia de Itatinga (SP)
Polícia Rodoviária/ Divulgação
A Polícia Rodoviária prendeu um homem de 33 anos em flagrante por estar com a CNH falsificada e vencida desde 2015. A abordagem foi feita nesta segunda-feira (19) no quilômetro 208 da Rodovia Castelo Branco, em Itatinga (SP).
De acordo com a Polícia Rodoviária, a equipe fazia fiscalização em combate a ilícitos penais quando abordou o veículo e, após observar que o motorista apresentou certo incômodo com a presença dos policiais, solicitou a documentação.
Ainda segundo a polícia, a equipe constatou que a CNH tinha sinais de falsificação e, ao consultar os dados no sistema, verificou que o documento estava vencido desde 2015.
A polícia informou que o motorista disse que, há seis meses, foi ao Detran de São Paulo para resolver a situação da CNH, mas não conseguiu.
De acordo com o relato do condutor à polícia, uma pessoa que se apresentou como funcionário do Detran havia informado que, devido à pandemia de coronavírus, iria demorar muito tempo para a regularização da CNH. Por isso, ofereceu a ele um espelho do documento no valor de R$ 1,5 mil.
O homem foi preso em flagrante por uso de documento falso e ele foi levado ao plantão da Polícia Civil de Botucatu. A CNH foi encaminhada para a perícia e o veículo foi liberado para condutor habilitado.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília