Marília terá novos ecopontos para a coleta seletiva


Projeto cumpre as atuais legislações e promove a inclusão social, além de trazer benefícios ambientais. Marília somará quatro unidades de ecopontos para coleta seletiva na cidade após a instalação das novas estações
Prefeitura de Marília/Divulgação
A Prefeitura de Marília, juntamente com a equipe da Eco Estação, prepara a instalação de duas novas unidades de ecopontos para coleta de recicláveis. O local ainda será definido, mas está sendo levado em consideração dois pontos importantes: o fluxo e fácil acesso. As novas unidades, já em fase final de construção, somam-se a outras duas unidades do Eco Estação instaladas na rua 9 de Julho, próximas ao camelódromo.
O projeto está previsto na Lei 7851/2015 – Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, que orienta o poder público a auxiliar as cooperativas e os catadores autônomos de recicláveis, visando promover a coleta seletiva, apoiando famílias de baixa renda e propagando a Educação Ambiental sobre o tema. Segundo o chefe do Meio Ambiente, Cassiano Rodrigues Leite, o projeto cumpre as atuais legislações e promove a inclusão social, além de trazer benefícios ambientais.
“O Projeto Eco Estação tem como meta cumprir o Plano Municipal de Resíduos Sólidos, que prevê o apoio do poder público aos catadores de recicláveis e a instalação de LEVs (Locais de Entregas Voluntárias), em nosso município. O idealizador do projeto é o ativista ambiental Ademar Aparecido de Jesus que, juntamente com sua família, trabalha no segmento de coleta de recicláveis e colabora com melhorias ambientais. Estamos coordenando o projeto conforme as legislações vigentes, de forma que estes ecopontos sejam levados a todos os bairros de Marília, avançando a coleta seletiva em nossa cidade, que atualmente é realizada por cooperativas de catadores em bairros pontais.”
Para o idealizador do projeto Eco Estação, Ademar, a implantação do projeto é a realização de um sonho que era aguardado há muitos anos. “Minha família sempre trabalhou nesta área com muito orgulho. Sobrevivemos desta atividade digna e de grande impacto ambiental. Reciclar, além de possibilitar o sustento da minha família, ainda colabora para impactos positivos ao meio ambiente, evitando a extração de novos insumos, promovendo, assim, a sustentabilidade em nosso município”, disse.
De acordo com Ademar, as duas novas unidades estão em fase de conclusão e aguardam a definição, por parte da prefeitura, dos locais que receberão estes ecopontos. “Contamos com a colaboração da população para o descarte correto, e dos empresários para produzirmos novas unidades a serem distribuídas em todos os bairros de Marília”, finalizou.
Orientações, sugestões e colaborações poderão ser realizadas através do telefone (14) 99689-9101.
Quer saber tudo o que acontece na cidade? Confira mais notícias de Marília aqui.