Mais de 30 cidades do centro-oeste paulista aderem ao consórcio de compra de vacinas da Covid-19


Criado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), consórcio pretende comprar vacinas utilizando verbas do Governo Federal direcionadas aos municípios. Cidades podem aderir ao plano até sexta-feira (5). Vacina contra a Covid-19, coronavírus
Gabriel Bonfim/G1
Até as 11h desta quinta-feira (4), 35 cidades do centro-oeste paulista aderiram ao consórcio criado para a compra de vacinas contra a Covid-19.
O movimento liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) busca agilizar o processo de vacinação no Brasil com a compra de doses com verbas do Governo Federal que já são destinadas aos municípios.
Os municípios que quiserem participar do plano podem manifestar interesse até sexta-feira (5) e não há custo para a adesão. Em Bauru, a prefeita Suéllen Rosim (Patriota) assinou o termo de interesse nesta quarta-feira (3).
Até agora, as cidades da região que decidiram participar do plano são: Bauru, Jaú, Botucatu, Ourinhos, Lins, Lençóis Paulista, Tupã, Santa Cruz do Rio Pardo, Pederneiras, Itápolis, Promissão, Agudos, Bariri, Dois Córregos, Cafelândia, Macatuba, Ipaussu, Quatá, Itapuí, Avanhandava, Mineiros do Tietê, Bocaina, Chavantes, Areiópolis, Arealva, São Pedro do Turvo, Pardinho, Echaporã, Sabino, Espírito Santo do Turvo, Boraceia, Ubirajara, João Ramalho, Queiroz e Oscar Bressane.
Segundo a prefeitura de Bauru, o consórcio vai negociar a compra e distribuição de vacinas contra a Covid-19 para uso dos municípios, complementando o Programa Nacional de Imunização (PNI) e atendendo públicos que não possam ser supridos pelo Ministério da Saúde ou pelos governos estaduais.
A prefeitura informou que a intenção é que os municípios não tenham que desembolsar recursos e que a formação do consórcio deve ocorrer ainda neste mês. Em seguida, acontecerão as negociações com laboratórios sobre a quantidade de doses, prazos de entrega e valores, entre outros.
Cada município também vai precisar enviar uma lei específica autorizando a entrada da prefeitura no consórcio até 19 de março. Já no dia 22, será realizada a assembleia de instalação do consórcio.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
VÍDEOS: Assista às notícias da região