Irmã de jovem morto em acidente de moto diz que doação de órgãos confortou família: 'Ele ia querer isso'


Vagner Meres da Silva, de 23 anos, sofreu o acidente na manhã de domingo (28). Doação dos órgãos ocorreu na quarta-feira (3), em Jundiaí (SP). Família de jovem que morreu após acidente decide pela doação de órgãos em Jundiaí
Arquivo Pessoal
Uma decisão que pode mudar a vida de pessoas que aguardam por um transplante confortou a família de Vagner Meres da Silva, de 23 anos. O jovem morreu após um acidente de moto e a família autorizou a doação dos órgãos dele. A captação ocorreu na noite de quarta-feira (3), no Hospital São Vicente de Jundiaí (SP).
A irmã do jovem, Jaqueline Meres Porto, de 32 anos, contou ao G1 que o acidente foi registrado na manhã de domingo (28). Vagner morava em Várzea Paulista (SP) e havia saído de casa para dar um passeio com a moto, algo que costumava fazer nos dias de folga.
O jovem foi atingido por um carro que tentou desviar de um cachorro na rua. O motorista não percebeu que a moto estava atrás e inclinou o veículo para dentro da pista. Vagner foi socorrido com ferimentos na cabeça por uma ambulância que passava pelo local, mas teve morte cerebral na quarta-feira.
“A gente baseou a decisão da doação de órgãos porque ele sempre foi uma pessoa que ajudou as pessoas. Foi baseada no caráter dele, ele ia querer isso. Ele vai salvar várias vidas e isso foi o que confortou minha mãe, até então ela estava meio abalada”, conta Jaqueline.
Jaqueline Porto com o irmão, Vagner Meres, em Várzea Paulista
Arquivo pessoal
Foram doados o coração, pulmões, fígado, rins e córneas. Uma força-tarefa da equipe médica com a Força Aérea Brasileira (FAB) auxiliou no transporte dos órgãos.
De acordo com o Hospital São Vicente, o coração do jovem foi levado ao Aeroporto Comandante Rolim Amaro, em Jundiaí, e transportado pelo avião da FAB até Botucatu (SP), onde um paciente compatível estava sendo preparado. Já os outros órgãos foram destinados a diversas unidades.
Moto dos sonhos
De acordo com a irmã, um dos maiores sonhos do jovem era comprar a moto. Ele trabalhava em uma empresa de Louveira (SP) e estava com o veículo havia um ano.
“O sonho dele era essa moto, então ele trabalhou bastante e comprou à vista. Ele sempre foi reservado, mas era uma pessoa boa. Sempre foi muito querido e gostava de ajudar as pessoas.”
Jovem que morreu após acidente de moto em Várzea Paulista havia comprado o veículo havia um ano
Arquivo pessoal
Jaqueline diz que ainda é difícil acreditar que o acidente ocorreu, mas ela busca guardar as boas memórias que têm com o irmão.
“Não tem como descrever. Ele nunca falou de ninguém, nunca foi de beber ou mexer com coisa errada. Sempre foi uma pessoa do bem. Agora, a gente está devolvendo a vida para outras pessoas. Foi o que confortou a família.”
O sepultamento de Vagner ocorreu na tarde de quinta-feira (5), no Cemitério Nossa Senhora de Piedade, em Várzea Paulista.
VÍDEOS: veja as reportagens do Bom Dia Cidade e do TEM Notícias

Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí