Família fica ilhada em cachoeira e é resgatada pelos bombeiros em Botucatu; chuva causou estragos


Vítimas informaram à corporação que o rio subiu muito rápido, escureceu e eles não sabiam o caminho de volta. Na cidade, cratera interditou rua, muros e árvores caíram e o Córrego Água Fria transbordou. Ruas ficaram alagadas após chuva em Botucatu
Arquivo pessoal/Flávio Fogueral
Uma família com sete pessoas ficou ilhada em uma cachoeira depois de uma forte chuva que atingiu Botucatu (SP) nesta sexta-feira (1º). Outros estragos, como queda de muros e árvores, abertura de crateras e ruas alagadas, foram registrados na cidade.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada por volta das 21h, com a informação de que uma família de São Paulo que estava visitando Botucatu tinha desaparecido na Cachoeira da Indiana.
Os bombeiros foram até o local e encontraram os veículos das vítimas estacionados e trancados. A partir disso, a equipe seguiu a trilha até a cachoeira e, depois de andarem dois quilômetros na mata, escutaram gritos de socorro.
Ainda de acordo com a corporação, as vítimas avistaram as lanternas da equipe e retornaram aos carros estacionados. Elas informaram aos bombeiros que o rio subiu muito rápido e eles ficaram ilhados. Em seguida escureceu e eles não sabiam o caminho de volta.
Os bombeiros informaram que a família era composta por três homens, duas mulheres e dois adolescentes de 12 e 13 anos. Eles estavam molhados e apresentavam sinais de começo de hipotermia e fome, mas foram resgatados e passam bem.
Outros estragos
De acordo com a Faculdade de Ciências Biológicas e Agronômicas de Botucatu, choveu 40 milímetros nesta sexta-feira (1º) e os ventos chegaram a 49 km/h. Por causa disso, outros estragos foram registrados na cidade.
A Defesa Civil interditou a Rua Dr. José Barbosa de Barros depois que a grande quantidade de chuva abriu uma cratera na pista. A prefeitura informou que equipes da Secretaria de Infraestrutura estiveram no local na manhã deste sábado (2) para avaliar os danos e programar os reparos.
Defesa Civil interditou rua depois que chuva abriu cratera na pista em Botucatu
Defesa Civil/Divulgação
Diversas ruas da cidade também ficaram alagadas. Os principais pontos foram na Rua Tenente João Francisco, na Vila dos Lavradores, e na Avenida Floriano Peixoto. A Avenida Vital Brasil também ficou prejudicada, principalmente perto do terminal rodoviário.
O Córrego Água Fria fica próximo ao local alagado e transbordou por causa da chuva, um problema recorrente observado pelos moradores da cidade. De acordo com a prefeitura, o trecho já foi limpo e liberado.
Córrego transbordou durante chuva forte em Botucatu
Arquivo pessoal/Flávio Fogueral
A prefeitura também informou que realiza recorrentemente a limpeza da calha do rio e que vai continuar buscando alternativas para que o problema não volte a se repetir. Um reservatório de contenção já foi construído nos últimos anos e opera retendo o excedente da vazão deste córrego.
A Defesa Civil também registrou a queda de dois muros na cidade e ainda disse que pelo menos três casas ficaram alagadas. Também foram registradas duas ocorrências de quedas de árvores, uma no Jardim Paraíso e outra no Jardim Cristina.
Muro caiu durante chuva forte em Botucatu
Defesa Civil/Divulgação
Defesa Civil registrou queda de árvores nesta sexta-feira (1º) em Botucatu
Defesa Civil/Divulgação
*Com informações de Pedro Zacchi/TV TEM.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista: