Falta de doses faz cidades replanejarem vacinação contra a Covid no centro-oeste paulista


Marília afirma não ter mais estoques de vacinas e continuidade da campanha de imunização depende da chegada de novas doses. Na maioria dos municípios, idosos a partir de 85 anos e profissionais da saúde seguem sendo vacinados. Cidades do centro-oeste paulista aguardam novas doses das vacinas contra a Covid-19 para fazer novo calendário de imunização
Reprodução/TV TEM
As cidades do centro-oeste paulista estão reformulando o calendário de vacinação contra a Covid-19 até a chegada de novas doses.
Em alguns locais, a vacinação dos idosos a partir de 85 anos, que estavam sendo imunizados nesta fase da campanha, continua, mas em determinados municípios, como Marília (SP), o estoque de imunizantes acabou. Confira a situação em cada cidade:
Assis
A Secretaria Municipal de Saúde de Assis informou que a partir desta terça-feira (16), está suspensa, temporariamente, a vacinação contra a Covid-19 pelo sistema drive- thru que estava sendo realizada na Farmácia da Unimed. A suspensão permanece até que a cidade receba novas doses da vacina e possa organizar um novo calendário de vacinação.
No entanto, os idosos a partir de 85 anos continuam sendo vacinados nas unidades de saúde Vila Operária, Maria Isabel e Bonfim e nas EMEIs Bambalalão, Pequeno Polegar e Aparecida Manoel da Mota das 8h às 16h.
Bauru
No dia 15 de fevereiro, a prefeitura de Bauru informou que teve que adiar a vacinação para os demais profissionais e trabalhadores da saúde diante da não reposição de grade para este público na semana de 8 a 12 de fevereiro.
Com isso, os profissionais que estão com agendamento para se vacinar a partir do dia 16 não devem procurar nenhuma unidade de saúde neste momento. Estes agendamentos serão adiados, mantendo a ordem em que foram marcados.
Vacina contra Covid-19 em Bauru: veja quem pode ser vacinado hoje e o que fazer
A vacinação continua com a primeira dose para os idosos a partir de 85 anos e idosos acamados, e com a segunda dose aos profissionais de saúde e idosos institucionalizados que receberam a primeira dose há mais de 21 dias.
A Secretaria Municipal de Saúde conta que estão reservadas cerca de 8.600 vacinas para a segunda dose dos profissionais de saúde e outras 1.150 vacinas para a segunda dose dos idosos, mas ainda não tem previsão da chegada de novas doses ao município.
Botucatu
Os idosos a partir de 85 anos continuam sendo vacinados até esta quarta-feira (17) em todas as Unidades Básicas de Saúde de Botucatu. Já a imunização dos idosos desta faixa etária que estão acamados segue até esta sexta-feira (19) e é preciso que algum parente faça o agendamento prévio em qualquer UBS da cidade.
A prefeitura de Botucatu explicou que não há previsão de chegada de novas doses no município e, portanto, ainda não tem um novo cronograma de vacinação.
Marília
A prefeitura de Marília afirma não ter mais estoque de vacinas. Isso porque as doses disponíveis na cidade estão sendo aplicadas nesta quarta-feira (17) para a segunda dose. Sendo assim, a vacinação das primeiras doses foram suspensas.
De acordo com as autoridades municipais, a chegada de novas vacinas na cidade estão previstas para a próxima semana. O município finaliza nesta quarta-feira (17) a vacinação nos asilos e somente os idosos acamados estão sendo vacinados neste momento.
Ourinhos
Os profissionais de saúde que se cadastraram durante os dias 10, 11 e 12 de fevereiro para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 começaram a ser imunizados nesta terça-feira (16) em Ourinhos, de acordo com informações da prefeitura da cidade. O grupo será vacinado por ordem de prioridade, organizada entre dentistas, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.
Os servidores da pasta farão a convocação e agendamento dos profissionais selecionados por telefone. Ainda de acordo com as autoridades municipais, 1.117 trabalhadores da saúde se cadastraram por telefone para receber a vacina.
Santa Cruz do Rio Pardo
Apesar de ainda não ter previsão para a nova grade de vacinação na cidade, em São Manuel, ainda há doses suficientes para a continuidade da imunização dos idosos a partir de 85 anos e da aplicação da segunda dose nos profissionais da saúde. Segundo a Vigilância Epidemiológica da cidade, ainda restam 410 doses para vacinar os dois grupos.
A prefeitura não precisou suspender a vacinação da segunda dose nos trabalhadores da saúde, pois as doses encaminhadas pelo estado e direcionadas para essa finalidade não foram aplicadas em outros grupos.
São Manuel
A próxima etapa de vacinação ainda não tem data confirmada em São Manuel. Isso porque a cidade aguarda o recebimento de novas doses, mas, de acordo com a prefeitura, já foi definido que o próximo grupo a ser vacinado serão os idosos que têm entre 80 e 84 anos.
Nesta semana, continuam sendo vacinados os idosos com 85 anos ou mais no sistema drive-thru, que está instalado no Ginásio Poliesportivo da cidade, de segunda à sexta, das 9h às 15h. Os idosos acamados podem receber a vacina em suas residências mediante agendamento em qualquer UBS do município.
Além disso, os profissionais da saúde e de educação física e os funcionários da Pousada da Colina também permanecem sendo vacinados. A prefeitura de São Manuel também informou que não trabalha com a ideia de suspensão da aplicação da segunda dose. A Diretoria de Saúde diz ter recebido até agora 2081 doses de vacinas e destas, 1601 foram separadas para a primeira dose e 480 para a segunda dose.
Em nota, a Secretaria da Saúde de São Paulo informou que já distribuiu cerca de 2,7 milhões de doses das vacinas contra Covid-19 na rede de saúde do estado. O estado vem seguindo os critérios técnicos do Programa Nacional de Imunizações (PNI) e a campanha de imunização da população avança à medida que o Ministério da Saúde disponibiliza as doses.
Veja mais notícias no G1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista: