Estoques de bancos de sangue no centro-oeste paulista estão em baixa; veja como doar


Diante da pandemia, doações de vários tipos de sangue caíram. Em Marília, os estoques de sangue O+, considerado o mais comum, estão em nível crítico. Doação leva cerca de uma hora para ser feita. Doação de sangue
Arquivo AEN
O agravamento da pandemia do coronavírus tem afetado os estoques de sangue nos hemocentros e hemonúcleos de cidades do centro-oeste paulista.
A situação é crítica já que as bolsas são utilizadas em pacientes com doenças graves, em atendimentos de urgência e emergência e em transfusões de sangue diárias, inclusive, em pacientes que têm complicação da Covid-19.
Em Marília (SP), os estoques do sangue O+, mais comum, estão em níveis muito baixos. O hemocentro atende 62 municípios da região e todos os tipos sanguíneos não estão no nível ideal do estoque. Veja como está o estoque na cidade e qual seria a quantidade ideal para atender todos os pacientes:
Tipo A+: 80 bolsas/ ideal: 240 bolsas
Tipo A-: 21: bolsas/ ideal: 48 bolsas
Tipo B+: 62: bolsas/ ideal: 84 bolsas
Tipo B – : 4 bolsas/ ideal: 6 bolsas
Tipo AB +: 17 bolsas / ideal: 24 bolsas
Tipo AB-: 3 bolsas / ideal: 6 bolsas
Tipo O+: 57 bolsas/ ideal: 240 bolsas
Tipo O-: 11 bolsas/ ideal: 48 bolsas
Em Ourinhos (SP), as doações caíram 70% e todo o estoque do Banco de sangue está em situação crítica. O Hemonúcleo do Hospital de Base de Bauru (SP) teve 40% de queda no início da pandemia, mas segundo a Famesp, agora está equilibrado. No entanto, os estoques de sangue RH negativo, A-, B-, AB- e O-, estão muito baixos.
O Hemocentro de Botucatu também enfrenta a diminuição dos estoques de sangue e precisa de mais doações.
Para ser doador basta:
Ter entre 18 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos precisam de autorização dos responsáveis);
Estar em bom estado de saúde;
Se for doar pela manhã, é recomendado que antes faça um lanche reforçado;
Se for doar após o almoço, aguardar pelo menos 1h30.
As pessoas que já tiveram Covid-19 estão aptas a fazer doação de sangue 30 dias após serem considerados curados, contados a partir da alta médica, e o doador precisa estar saudável.
Orientações devem ser seguidas pelos doares após realizarem a doação:
Beber bastante líquido nas primeiras 6 horas e alimentar-se normalmente;
Não fumar nas primeiras 2 horas;
Não praticar esportes radicais ou atividades de risco.
Confira os endereços dos bancos de sangue:
Hemocentro de Botucatu
Endereço: UNESP Campus de Botucatu Avenida Professor Mário Rubens Guimarães Montenegro, S/N – Jardim São Jose
Horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30 e aos sábados, das 7h às 12h.
Hemocentro Marília
Endereço: R. Lourival Freire, 240 – Fragata, Marília – SP, 17519-050
Horário de funcionamento é de segunda a sábado das 7h às 13 horas.
Banco de sangue de Ourinhos
Endereço: Rua Joaquim de Azevedo, 604.
Horário de funcionamento é das 7h às 15h (segunda a sábado).
Hemonúcleo de Bauru
Endereço: Rua Monsenhor Claro, 8-88.
O funcionamento é de segunda a sexta, das 7h às 11h30 e das 13h às 15h30.
Veja mais do G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista: