Empresas intensificam fiscalização contra furto de energia elétrica no centro-oeste paulista

De acordo com números divulgados de fraudes em 2020, em comparação com 2019, Ourinhos registrou 55 casos este ano, com aumento de 25%. Bauru teve 848 fraudes, com 8%. Empresas intensificam fiscalizações para identificar furtos de energia em Ourinhos
As concessionárias de energia elétrica da região do centro-oeste paulista estão investindo na fiscalização contra furtos de energia elétrica, os conhecidos gatos, após aumento de desvios registrados em 2020.
De acordo com os números divulgados sobre o crescimento do número de fraudes em 2020, em comparação com 2019, Ourinhos registrou 55 fraudes este ano, com aumento de 25%. Bauru teve 848 fraudes, com 8%.
Marília teve 247 flagrantes de furtos, representando 142% de aumento. Já Botucatu teve o menor aumento da região em relação ao ano passado, 2%, com 266 flagrantes. Em relação a região de Assis e Tupã, a concessionária de energia divulgou apenas os casos registrados este ano, que somaram 63 furtos.
Diante do crescimento do número de flagrantes dos desvios, as concessionárias passaram a investir para otimizar as fiscalizações e estão utilizando até drones.
O risco para as pessoas que se expõem a fazer o desvio de energia elétrica é alto, já que a falta de conhecimento para manusear o sistema pode fazer com que sofram alta descarga elétrica.
Além dos riscos à saúde, fazer uma ligação irregular é considerado crime. Felipe Marques Santos, coordenador de medição e combate de perdas de energia, explica quais são as penalidades sofridas após o flagrante.
“São instaurados dois processos, um administrativo da empresa, para que seja recuperado todo o montante que não foi faturado para a pessoa durante o período da irregularidade. E também um processo criminal junto a Polícia Civil, uma vez que a prática é considerada como furto ou estelionato e pode gerar de 1 a 5 anos de prisão.”
As pessoas que não tiverem condições de pagar a conta de energia podem solicitar a tarifa social diretamente com a empresa de energia elétrica da região. A tarifa social é um benefício criado pelo governo federal para auxiliar as residências de famílias de baixa renda com descontos na fatura.
Veja mais notícias no G1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista: