Com todos os leitos de UTI Covid ocupados, Marília transfere pacientes para outras cidades


Prefeitura divulgou neste domingo (21) duas novas transferências de moradores de Marília para hospitais da região. Ao todo, oito pacientes da cidade já foram atendidos em outros municípios. HC é um dos hospitais de Marília que atingiram lotação máxima de leitos de UTI para Covid-19
Divulgação
A prefeitura de Marília (SP) anunciou neste domingo (21) que teve que transferir mais dois pacientes da cidade para hospitais da região devido à falta de vagas de UTI no município.
De acordo com o último boletim divulgado, a taxa de ocupação na UTI em Marília está em 100%, com todos os leitos públicos e privados ocupados no Hospital das Clínicas, Santa Casa e ABHU. Já a ocupação na enfermaria está em 94,94%.
Marília tem todos os leitos de UTI para Covid ocupados neste domingo (21)
Prefeitura de Marília/Divulgação
Por causa da falta de leitos, pacientes que moram em Marília estão tendo que ser transferidos para hospitais de outras cidades. Segundo a prefeitura, oito moradores já foram realocados desde o início da pandemia.
Neste domingo (21), a prefeitura anunciou a transferência de um idoso de 64 anos com Covid-19 para um leito de UTI em Paraguaçu Paulista e de uma mulher de 47 anos para um leito de UTI em Adamantina.
As duas transferências foram aceitas pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) neste sábado (20).
A primeira vez que Marília teve que transferir um paciente com Covid para outra cidade por falta de vagas desde o início da pandemia foi em 10 de janeiro.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
VÍDEOS: Assista às reportagens da região