Cidades do centro-oeste paulista recebem doses da CoronaVac e iniciam vacinação contra a Covid


Primeiro município a receber os imunizantes foi Botucatu, que iniciou aplicação pelos profissionais de saúde e já está vacinando idosos em asilos. Confira como está a situação na sua cidade. Lote de vacina CoronaVac chega ao Hospital das Clínicas de Botucatu
Pedro Zacchi/TV TEM
As cidades do centro-oeste paulista começaram a receber doses da CoronaVac nesta segunda-feira (18) e já iniciaram a vacinação contra a Covid-19. Ao longo da semana, os imunizantes chegaram a outros municípios. Confira:
Região de Bauru
Bauru
Bauru recebe primeiro lote com doses da vacina contra Covid-19 e tem primeiro vacinado, José Luiz Costa Magalhães
Fábio Linhares/TV TEM
A cidade de Bauru (SP) recebeu as primeiras 8.680 doses da vacina CoronaVac por volta das 17h desta quarta-feira (20). A distribuição foi feita pelo governo estadual e, logo depois, três profissionais de saúde foram vacinados contra a doença durante cerimônia promovida pela Secretaria de Saúde.
Nesta quinta-feira (21), a prefeitura vai realizar um treinamento dos profissionais para a aplicação das doses e vai transportar os imunizantes para as unidades de saúde da cidade. No início do mês, a Vigilância Epidemiológica informou que o município estava preparado para iniciar a vacinação assim que as doses chegassem.
Bauru recebe primeiro lote com doses da vacina contra Covid-19 e dá início a vacinação
Lençóis Paulista
Em Lençóis Paulista, as primeiras doses da vacina chegaram no início da noite desta quarta-feira (20). A cidade recebeu 680 doses do imunizante e informou que vai utilizá-las para vacinar profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus.
A Secretaria de Saúde informou que o início oficial da vacinação na cidade vai começar nesta quinta-feira (21). No entanto, neste primeiro momento, ninguém deve procurar a unidade de saúde para receber a dose.
Agudos
A Secretaria de Saúde de Agudos recebeu na tarde desta quarta-feira (20) 1 mil doses da vacina CoronaVac. Os frascos chegaram por volta de 18h à sede da secretaria, escoltados por equipes da Polícia Militar.
O imunizante foi armazenado e a vacinação será iniciada nesta quinta-feira (21). Nesta primeira fase, profissionais de saúde e idosos com mais de 60 anos e vivendo em instituições de longa permanência (abrigos e clínicas) receberão as doses.
Também serão imunizados os profissionais que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus na cidade, em unidades como UPAs, Centro Covid-19, Samu, entre outros. Posteriormente, os demais profissionais da área também receberão a vacina.
Região de Botucatu
Botucatu
Mais de 4 mil doses da CoronaVac chegam a Botucatu para imunizar profissionais do Hospital das Clínicas
Fábio Linhares/TV TEM
Botucatu foi a primeira cidade do centro-oeste paulista a receber as doses da CoronaVac. A cidade recebeu 4,4 mil doses do imunizante na tarde de segunda-feira (18) para imunizar os profissionais do Hospital da Clínicas, unidade que é referência no tratamento da Covid-19 na região.
Logo após a chegada das doses, a técnica de enfermagem Jacilene Rosa de Lima Almeida, de 40 anos, foi a primeira pessoa do centro-oeste paulista a receber em solo brasileiro a dose inicial da vacina contra a Covid-19.
Já no fim da tarde desta quarta-feira (20), o município recebeu mais um lote da vacina CoronaVac, com 2,8 mil doses que foram encaminhadas para a Secretaria Municipal de Saúde.
Botucatu mais 2,8 mil doses e inicia vacinação em profissionais de unidades de saúde e asilos
Prefeitura de Botucatu/Divulgação
O segundo lote está sendo utilizado para imunizar outros grupos prioritários, como profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e idosos abrigados em instituições de longa permanência.
São Manuel
O governo do estado enviou nesta quarta-feira (20) o primeiro lote da vacina CoronaVac para São Manuel, com apenas 480 doses que serão priorizadas para a vacinação dos profissionais de saúde. O lote chegou em caminhão refrigerado, escoltado pela Policia Militar.
Segundo a prefeitura, o número enviado é insuficiente para vacinar todos do grupo prioritário do município, que ultrapassam 1.100 profissionais de saúde e 6.000 idosos com mais de 60 anos de idade.
Inicialmente, a prefeitura vai priorizar a vacinação dos profissionais que atendem diretamente as pessoas infectadas, principalmente no hospital local, assim como os idosos que moram na Pousada da Colina e os profissionais que prestam serviços no local.
Região de Marília
Marília
Primeira vacinada contra Covid em Marília ficou isolada dos pais idosos dentro de casa
Michelle Machado/TV TEM
Marília foi a segunda cidade do centro-oeste paulista a receber as doses da CoronaVac, que chegaram no município na noite desta segunda-feira (18) e começaram a ser aplicadas na terça-feira (20) no Hospital das Clínicas.
Na noite de terça-feira (19), além as 2.860 doses encaminhadas ao HC, Marília recebeu mais 5 mil doses da vacina CoronaVac e decidiu antecipar o início da vacinação dos profissionais de saúde que atuam nos postos de saúde e nos demais hospitais da cidade.
A vacinação desse público estava programada para começar na segunda-feira (25), mas agora será feita a partir desta sexta-feira (22).
Garça
Em Garça, 600 doses da vacina CoronaVac chegaram na noite de terça-feira (19) e a campanha de vacinação começou nesta quinta-feira (21). Segundo a prefeitura, inicialmente a vacina será utilizada pelos trabalhadores da saúde e idosos do Lar dos Velhos Frederico Ozanan.
Tupã
Em Tupã, a cidade recebeu 1.480 doses e a prefeitura iniciou a vacinação na tarde desta quarta-feira (20) na Santa Casa. Segundo a prefeitura, 20 funcionários do hospital receberam a vacina no primeiro dia e, nesta quinta-feira (21), outros profissionais da saúde vão começar a ser imunizados.
Região de Ourinhos
Ourinhos
Ourinhos recebe doses da vacina CoronaVac
Adolfo Lima/TV TEM
As primeiras 1.440 doses da vacina contra Covid-19 chegaram em Ourinhos na manhã desta quinta-feira (21). A vacinação oficial está prevista para começar já nesta quinta-feira com os profissionais da saúde que atuam na linha de frente contra o coronavírus.
Antes disso, o caminhão passou em Santa Cruz do Rio Pardo e, de Ourinhos, vai seguir para Cândido Mota, Assis e Paraguaçu Paulista.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista: