Centro-oeste paulista ultrapassa a marca de 100 mil casos da Covid


O G1 preparou um histórico sobre o avanço da pandemia na região, desde a confirmação do primeiro caso da doença em março de 2020. Última cidade a registrar casos foi Florínea, que nesta semana também divulgou o primeiro óbito por coronavírus. Calçadão da Batista de Carvalho, na área central de Bauru (SP)
TV TEM/ Reprodução
O centro-oeste paulista atingiu a marca de 100 mil casos positivos de coronavírus nesta quinta-feira (14). Além disso, apenas nove cidades da região, que conta com 100 municípios, ainda não registraram mortes pela doença.
Confira os números da pandemia nas 100 cidades da região.
Segundo o último balanço feito pelo G1 e TV TEM, que é atualizado diariamente na lista acima, o centro-oeste paulista somava 100.505 casos e 1.586 mortes pela Covid-19. Das mais de 100 mil confirmações desde o início da pandemia, 90.118 pacientes já se curaram da doença.
Primeiros casos
Paciente do HC de Botucatu testa positivo para Covid-19
O primeiro caso de coronavírus na região foi registrado em Botucatu no dia 26 de março de 2020. Uma mulher de 60 anos, que estava internada no Hospital das Clínicas, passou pelo teste no hemocentro da cidade e teve o resultado positivo para Covid-19. (Relembre acima)
No entanto, na época, o hemocentro ainda não era credenciado pelo Instituto Adolfo Lutz, que precisava realizar uma contraprova do teste para o caso ser contabilizado nos dados oficiais.
Teste para Covid-19 em Botucatu
TV TEM/Reprodução
No dia seguinte, foi a vez de Bariri e Lençóis Paulista registrarem casos positivos da doença. Os pacientes eram dois homens, de 37 e 49 anos e, assim como em Botucatu, ainda precisavam da confirmação oficial através de exames do Instituto Adolfo Lutz.
No dia 29 de março do ano passado, a prefeitura de Lençóis Paulista recebeu a confirmação laboratorial do primeiro caso positivo de coronavírus na cidade, que passou a ser contabilizado pela Secretaria Estadual de Saúde.
O caso de Lençóis Paulista foi o primeiro oficialmente confirmado no centro-oeste paulista. Em Bauru, os primeiros casos positivos de coronavírus foram registrados no dia 30 de março.
No início de agosto, Florínea não tinha casos confirmados de coronavírus
TV TEM/Reprodução
Com o passar dos meses, os casos de coronavírus foram sendo registrados em várias cidades do centro-oeste paulista até que, em agosto de 2020, o vírus chegou em todos os 100 municípios da região.
A última cidade a entrar na lista dos casos confirmados foi Florínea, que tem população estimada de 2.653 habitantes. Antes disso, Florínea e Cruzália chegaram a ser destaque no estado de São Paulo pelas suas ações eficazes de combate à doença.
Mortes por Covid
Brasil já registrou mais de 200 mil mortes por Covid
Alex Pazuello/Semcom/BBC
Já a primeira morte por coronavírus no centro-oeste paulista veio cinco dias depois da confirmação do primeiro caso positivo na região. No dia 3 de abril do ano passado, Marília, que tinha apenas dois casos confirmados da doença na época, registrou o primeiro óbito por Covid. (Veja abaixo)
O paciente era um idoso de 83 anos que morava em Marília e morreu em Campinas. De acordo com a prefeitura, além de Covid, o paciente tinha diabetes, cardiopatia e insuficiência renal crônica.
Marília tem primeira morte por coronavírus
No dia seguinte, dia 4 de abril, foi a vez de Bauru registrar a primeira morte pela doença. A vítima era um idoso de 79 anos que não resistiu às complicações do coronavírus em um hospital particular da cidade.
Desde então, mais de 1,5 mil mortes pela Covid foram registradas no centro-oeste paulista. Até esta sexta-feira (15), apenas nove municípios ainda não tinham confirmado óbitos pela doença: Alvinlândia, Borá, Cabrália Paulista, Fernão, Florínea, Iacri, Lupércio, Lutécia, Paulistânia e Oscar Bressane.
Mais de 200 indígenas vivem na aldeia Vanuíre de Arco-Íris
TV TEM/Reprodução
A última cidade a entrar na lista dos municípios com óbitos confirmados no centro-oeste paulista até agora foi Florínea, a última da região a registrar casos de Covid. A prefeitura divulgou a confirmação do óbito nesta terça-feira (12).
No 1º dia de 2021, o G1 publicou uma reportagem sobre os municípios da região que terminaram 2020 sem registrar mortes por Covid. A última cidade a entrar na lista ainda no ano passado foi Arco-Íris, com a morte de uma indígena da Aldeia Vanuíre.
*Sob supervisão de Mariana Bonora.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Veja mais notícias do centro-oeste paulista: